A vaidade nas organizações e suas implicações

A vaidade nas organizações e suas implicações

Um tipo de conduta bastante prejudicial dentro das empresas é a vaidade excessiva.

Isso porque a pessoa que possui grande parcela de vaidade sempre irá se vangloriar diante do que foi feito, requer toda a atenção para si e o pior: não fica feliz com as vitórias e conquistas de ninguém.

A saber, a vaidade pode te deixar no escuro diante do que precisa melhorar e repensar para conseguir evoluir. Mas não confunda esse termo com autoconfiança, beleza?

Nesse sentido, pessoas autoconfiantes na medida certa não necessariamente se deixam levar pelo problema da vaidade.

Além disso, indivíduos vaidosos costumam ser pedantes e isso pode afastá-los de ótimas oportunidades, uma vez que ninguém aguenta esse tipo de comportamento por muito tempo.

A sua vaidade pode ser considerada normal?

Como eu já disse anteriormente, é terrível conviver com alguém que não para de contar vantagem e de falar sobre si.

Por isso, estando você em uma posição de liderança ou não, fique atento para que isso não atrapalhe sua convivência com o restante do time.

Isso pode ser prejudicial na performance do seu trabalho.

Se quiser saber se a sua vaidade está extrapolando os limites, observe.

Esse é o primeiro passo para identificar o problema e tratá-lo.

Dessa forma, procure ficar atento ao que fala, e também a postura que você costuma ter em reuniões.

Observe como se comporta em situações diversas, como quando recebe um elogio ou até um feedback.

Se está formulando discursos de autovalorização excessiva, e até não creditando a outros colegas, cuidado!

Como melhorar e até solucionar o problema?

Uma ótima maneira de melhorar esse aspecto e suavizar seus efeitos, é contar com a ajuda de pessoas que trabalham com você, e que convivem ao seu lado.

Nessa perspectiva, você precisa ser franco e exercitar sua humildade ao perguntar em que pode melhorar.

A saber, modelos de feedback em que existe a avaliação mútua dos membros da equipe é uma excelente forma de incentivar que os seus colaboradores se desenvolvam nesse ponto.

Em segundo lugar, é bom que fique claro que ter orgulho de suas conquistas não é um problema.

Pelo contrário, saber que tem capacidade de conquistar seus objetivos é muito positivo e pode te ajudar a chegar mais longe.

Assim, se você for o gestor e precisar apontar esse ponto de melhoria para alguém, deixe claro que a autoconfiança não é um problema, mas uma habilidade necessária para qualquer pessoa.

No entanto, excessos são ruins, e podem prejudicar quem os comete e também aqueles que estão à sua volta.

Em outras palavras, forneça feedbacks claros e proponha caminhos que possam ajudar a pessoa a melhorar.

Da mesma forma, escute o que seu colega tem a dizer e se coloque à disposição para ajudá-lo a superar esse problema.

Espero que depois de ler esse texto você passe a se esforçar para evitar a vaidade excessiva.

Conte sempre conosco para te ajudar a melhorar e evoluir.

Até a próxima.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *