Trainee: O que é, e como funciona o processo seletivo

Você já teve vontade de entrar em um programa de trainee?

Visto que muitas pessoas tem dúvidas de como funcionam os processos de trainee de grandes empresas, resolvemos escrever esse texto para esclarecer algumas das suas dúvidas sobre o assunto.

Antes de qualquer coisa, saiba que planos de trainee são programas de desenvolvimento que têm o principal objetivo de formar novos líderes dentro de um negócio.

Em suma, grandes companhias abrem processos seletivos com o intuito de contratar colaboradores  recém-formados ou que estejam no final da graduação, e treinar essas pessoas.

Uma vez que elas estão desenvolvidas e possuem as habilidades necessárias, esses indivíduos podem ocupar cargos de liderança e chefia dentro da organização, e a probabilidade de alcançar bons resultados se torna maior.

Você se encaixa nesses critérios?

Em outras palavras, tem vontade de desempenhar essa função?

Que tal ler o texto e tirar a prova se esse é realmente o caminho que você deve apostar?

Diferenças entre o trainee e o estágio

Com toda a certeza, você já deve ter ouvido falar em estágios, certo?

Acontece que muita gente faz confusão entre esses duas práticas.

Em primeiro lugar, um estagiário é uma pessoa que normalmente ingressou na faculdade, e não tem nenhuma experiência profissional, ou mesmo noções de mercado de trabalho.

Caso essa seja a sua situação, saiba que em um programa de estágio você vai trabalhar em média 46 horas por semana, e esse serviço pode ou não ser registrado em carteira.

Geralmente, o estágio tem um limite de seis meses a um ano, e da mesma forma, pode ofertar:

  • Salário
  • Férias
  • Benefícios básicos: vale transporte e alimentação

Um trainee, por outro lado, já está terminando a faculdade ou já é formado.

Mesmo que ainda não tenham vivência na área  em que são formados, em contraste com um programa de estágio, normalmente pessoas que passam por esses processos possuem mais experiência de mercado.

Nessa categoria, você vai ser contratado:

  • CLT
  • Férias
  • FGTS
  • Todos os benefícios
  • Salário
  • Treinamentos
  • Mentorias

Em síntese, nesses casos, o objetivo é que você seja contratado para passar por todas as áreas importantes da companhia, e aprender na prática o que for necessário para se tornar um bom líder e gestor.

Isto é, você dificilmente irá ficar parado em uma única função.

Candidatos desses processos fazem o que chamamos de job rotation, em que ele tem a oportunidade de transitar por diversos campos da companhia para que possam aprender sobre as mais variadas competências.

Qual o perfil dos candidatos?

Para que esses processos sejam bem-sucedidos, o RH de uma empresa normalmente costuma traçar um perfil que estrutura o programa e a busca pelos candidatos.

Você imagina qual é o tipo de perfil que um profissional que deseje ingressar nessa trajetória precisa possuir?

Primeiramente, vamos falar da idade.

Comumente, muitas empresas só abrem seus processos de seleção para pessoas entre 22 até 35 anos no máximo.

Outro ponto importante é a disponibilidade para viagens.

Muitas vezes você vai precisar morar em outra cidade, e se isso for um problema para você, ligue um alerta.

Saber trabalhar em equipe, ser responsável e proativo também fazem parte dos atributos necessários para se tornar um trainee de sucesso.

Não esqueça que estamos sempre na torcida por você. Espero que venha se desenvolver com toda nossa turma!

Ricardo Basaglia

Basaglia é mestre pela Yale – Behavioral Science of Management e Diretor Geral da Michael Page Brasil, podendo ser considerado o maior headhunter do país. Especialista em carreira e liderança, é sócio do Além da Facul.

Deixe seu comentário