Tipos de auditoria – Quais são os principais tipos?

Tipos de auditoria - Quais são os principais tipos?

Você sabe o que são auditorias ou conhece a importância desses mecanismos para o empreendedor? A saber, existem alguns tipos de auditorias diferentes. Se quiser entender melhor o assunto, continue a leitura.

De antemão, vamos esclarecer que os tipos de auditorias são super importantes na gestão de uma empresa, já que é através dessa prática que as organizações conseguem um selo de certificação que comprova que todos os processos estão de acordo com as normas necessárias.

No entanto, antes de adentrar nesse tema, saiba que existem três tipos de auditorias principais, e que todos esses processos possuem o objetivo de otimizar os processos que acontecem no interior da empresa.

Além disso, saiba que a maioria dos processos de gestão são auditados.

Em primeiro lugar, é importante saber as orientações para que uma auditoria aconteça são estabelecidas em norma.

A ISO 19011, a propósito.

Esse mecanismo vai te dizer como os seus processos de auditoria precisam acontecer, e como os seus auditores precisam se comportar.

Os três tipos de auditorias

Como eu já disse anteriormente, esses processos podem ser categorizados em três formas diferentes.

  • Auditoria Interna
  • Do fornecedor
  • Auditoria externa

A primeira classificação representa as auditorias de primeira parte.

Ou seja, aquela que o seu estabelecimento pode realizar a fim de auditar os seus próprios sistemas.

Decerto que você pode conseguir muitas informações importantes para conseguir aperfeiçoar a sua dinâmica de gestão.

Não esqueça que para realizar a prática, você precisará ter funcionários treinados a partir da ISO 19011.

No entanto, se preferir, pode contratar os serviços de alguma empresa especializada no assunto para executar o projeto.

A saber, normalmente esses são processos que antecedem as auditorias de certificação.

E se precisar realizar esse processo na sua empresa, anota aí que irá precisar seguir algumas etapas importantes: preparação, reunião de abertura e encerramento são algumas delas.

Já a auditoria do fornecedor, por outro lado, diz respeito aos processos de segunda parte, e a externa se refere aos procedimentos ditos de terceira parte.

No próximo tópico vamos conversar um pouco mais sobre essas classificações.

Auditorias de segunda e de terceira parte

Agora falando mais diretamente sobre a auditoria no fornecedor, é bacana saber que esse tipo de processo acontece para avaliar a conformidade do sistema.

Então se você precisar averiguar se todos os requisitos legais e contratuais estão funcionando como deveriam, esse é um excelente caminho.

Além disso, essa auditoria vai tornar o processo de desenvolver confiança com os seus fornecedores mais simples.

Sem falar que através dela, os riscos de errar acabam sendo minimizados.

Como você deve imaginar, negligenciar esses parceiros é um erro que nenhum empreendedor deveria cometer.

Você só terá prejuízos.

Analogamente a isso, o último tipo de auditoria é conhecida por ser feita por um auditor independente.

Aqui você irá verificar se o seu mecanismo de gestão está em conformidade com uma norma específica.

Tomara que você tenha entendido melhor como funcionam os tipos de auditorias.

Conte sempre com a nossa equipe para se desenvolver.

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *