Tipos de avaliação que precisam existir nas empresas

Tipos de avaliação que precisam existir nas empresas

Você deve conhecer os tipos de avaliação existentes se quer melhorar sua gestão.

Afinal, são nesses processos que você é capaz de otimizar constantemente a administração dos recursos humanos de uma empresa. Mas indo ao que interessa, você sabe quais são os principais tipos de avaliação existentes no contexto empresarial?

Não? Então continue lendo e te ajudaremos com isso. Para começar, saiba que os tipos de avaliação de desempenho são ferramentas que você pode usar para medir a performance dos seus colaboradores.

Vale lembrar que todas as classificações existem para atender ao mesmo propósito: mapear a situação da organização no momento, e encontrar setores que podem ser melhorados.

Através dessa prática, é natural que os resultados melhorem, tanto em nível individual quanto em nível coletivo.

Analogamente a isso, muitos gestores também utilizam essas ferramentas para estruturar seus processos de remuneração variável.

Além disso, também costumam aproveitar as informações obtidas para sugerir planos de desenvolvimento e assim capacitar talentos que integram a empresa.

Alguns tipos de avaliação existentes no interior das empresas

Você pode usar a Matriz 9 Box.

A saber, o mecanismo é um tipo de estratégia visual que deve ser utilizada para criar um molde de meritocracia em um empreendimento.

A partir dessa estrutura, você pode dirigir melhor seus processos de avaliação, e claro, ser mais assertivo nas suas decisões quanto aos seus funcionários.

De igual forma, essa tática pode auxiliar seus colaboradores a desenvolverem habilidades, tomando como referência suas competência, seus hábitos e possíveis resultados.

Bem como esse modelo, também existem outras maneiras de medir o desempenho de alguém.

A começar pelo seu.

Continuando, a autoavaliação é uma das maneiras mais comuns de mensurar essa variável.

Para realizá-la, você deve responder a algumas perguntas, que vão te ajudar a refletir principalmente sobre seus pontos fracos, e fortes.

Procure formas de melhorar sua performance, e corrija eventuais falhas que podem ser identificadas naquele primeiro momento.

Logo depois de realizar uma autoavaliação, você e sua equipe também podem fazer uma avaliação de como está o desempenho de todos enquanto time.

Ou seja, é necessário que vocês avaliem a soma de esforços na procura por bons resultados.

Sem dúvidas, através dessa ferramenta, vocês podem ajustar o que for necessário, e assim otimizar a comunicação entre todos os membros, o que potencializa as chances de chegar às metas estipuladas.

Outros tipos de avaliação

Outra forma de avaliar bastante comum é a escala gráfica, em que um formulário categorizado em colunas precisa ser feito.

Nele você pode avaliar pontualidade, colaboração e até criatividade através de percentuais.

É comum associar esse tipo de avaliação a outros mecanismos, como o de 360 graus.

Você vai notar que essa mensuração é mais completa, uma vez que são consultadas todas as pessoas que fazem parte do dia a dia do avaliado.

Além dessas, também existem:

  • A escolha forçada: em que o funcionário se depara com várias afirmações estratégicas capazes de decifrar seu comportamento.
  • Por competências: em que você deve considerar as aptidões, habilidades e atitudes do colaborador.

Fora outros.

Como eu te adiantei anteriormente, existem diversos tipos de avaliação.

O que você precisa saber é em que momento aplicar cada um deles.

Conte conosco para continuar se desenvolvendo.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *