Teoria de Herzberg – O que é, e como aplicá-la

Teoria de Herzberg - O que é, e como aplicá-la

Você já ouviu algo sobre teoria de Herzberg?

Nunca? Esse é o nome de um psicólogo que desenvolveu um preceito denominado teoria de Herzberg.

A teoria de Herzberg afirma que enquanto profissional você vai ser mais produtivo se estiver satisfeito com o seu emprego, e diante das suas condições de trabalho.

Em suma, é como se quando você estivesse feliz e realizado fazendo as suas funções, seus resultados fossem mais expressivos.

Ademais, isso aconteceria devido aos seus graus de motivação.

Ou seja, quanto mais satisfeito, mais você trabalha.

E antes que você se questione, isso não tem a ver com salário e promoções, somente.

Dessa maneira, seus colaboradores precisam se sentir bem na sua empresa, se você quiser que eles trabalhem com toda a sua capacidade.

Teoria de Herzberg: Qual é a principal função?

Em síntese, a principal funcionalidade dessa teoria para você, e para o seu negócio, é mensurar o índice de motivação de quem trabalha para você.

A questão é: como fazer isso?

Certamente a primeira coisa que você tem que fazer, é conhecer as necessidades e pretensões dos seus colaboradores.

Nesse sentido, como você deve imaginar, tudo isso pode variar muito.

Afinal, você pode ter aspirações na sua vida pessoal, no âmbito profissional e em outros setores.

Seus funcionários também são assim.

Como isso surgiu?

A teoria da motivação surgiu no momento em que Herzberg foi servir no exército, pois ele começou a perceber que o trabalho ficava mais produtivo à medida em que a liderança se empenhava em melhorar as condições de trabalho de todo o time.

Em síntese, o que ele notou foi que existem alguns fatores que ajudam alguém a se sentir melhor trabalhando em determinado lugar.

O que você tem que fazer é prevenir a insatisfação.

Sob o mesmo ponto de vista, você pode aplicar os fatores que o teórico acredita serem determinantes nos níveis de satisfação de alguém.

Fatores motivacionais e Fatores higiênicos

A seguir eu resumi o que eles significam para ficar mais fácil para você:

  • Fatores motivacionais: são os mecanismos que precisam existir para que você fique satisfeito em trabalhar em um lugar. Aqui entra o reconhecimento, e a autonomia, por exemplo.
  • Fatores higiênicos: Já essa segunda parte diz respeito ao que depende de ações da empresa, como o pagamento do salário em dia.

A gente sabe que existem pessoas que se sentem bem fazendo o que fazem, ainda que não estejam felizes com as condições de trabalho, e com as políticas do negócio.

Foi por isso que Herzberg entendeu que esses dois fatores não dependem um do outro.

Além disso, ele concluiu que o que impacta mesmo a satisfação de alguém, é o que está ligado ao trabalho a ser realizado.

Tomara que depois desse texto, e através da teoria de Herzberg, você consiga prevenir a insatisfação do seu time.

Conte sempre com a nossa equipe!

Até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *