Seleção de pessoas: como buscar o profissional ideal?

Seleção de pessoas: como buscar o profissional ideal?

Todas as empresas, ou ao menos as que desejam crescer, precisam contratar funcionários, e a seleção de pessoas é essencial para o sucesso do negócio.

Ainda que para alguns pareça um processo simples, a seleção de pessoas é um procedimento bastante complexo.

Nesse sentido, a seleção de pessoas faz parte do processo de recrutamento de novos colaboradores, em que através de avaliações, geralmente do RH com o gestor da área, as empresas buscam encontrar o profissional ideal para determinada vaga.

A partir da necessidade de contratação de um novo colaborador, é preciso definir o orçamento para este processo, bem como o tipo de recrutamento.

O recrutamento pode ser interno, externo ou misto, e inclusive já falamos sobre isso aqui no ADF.

Após a definição do modelo de recrutamento, é preciso definir quais são as habilidades técnicas e comportamentais desejadas no candidato.

Além disso, outro importante fator é o tempo disponível para o preenchimento da vaga e o nível de senioridade desejado.

Afinal, o processo de seleção de um estagiário é completamente diferente da contratação de um diretor, especialmente se houver urgência.

De modo geral, para atrair um funcionário, a empresa precisa considerar o que o candidato espera, e dentre seus principais anseios estão:

  • Cargo oferecido
  • Plano de carreira
  • Remuneração
  • Clima organizacional
  • Autonomia
  • Desafios
  • Segurança no trabalho
  • Carga horária

Etapas do processo de seleção de pessoas

Como citado anteriormente, contratar funcionários, ao menos de forma assertiva, não é um processo nada simples.

Primeiramente, você precisa pensar na melhor forma de atrair os candidatos interessados, para posteriormente realizar a avaliação.

Aliás, neste estágio, diversas são as possibilidades, que vão desde a indicação de colaboradores, até a divulgação em redes sociais como o LinkedIn.

Em seguida, é provável que a empresa tenha diversos currículos em mãos, e dentre eles, haja os mais diferentes perfis de candidatos.

Teoricamente, essa deveria ser uma tarefa fácil, pois bastaria contratar a pessoa aparentemente mais qualificada, com melhor formação e mais experiente, certo?

Infelizmente não é bem assim.

Afinal, é possível que um funcionário com qualidades muito superiores às descrições do cargo, com pouco tempo na função, encontre “algo melhor”.

Neste caso, apesar de ter contratado uma pessoa capacitada, o processo não terá sido bem-sucedido e será necessário refazê-lo.

Portanto, ao analisar um currículo de um candidato, tente identificar a história contada neste documento.

História? Como assim?

O currículo conta a história profissional de um candidato, e não apenas por onde ele passou e quais os cargos ocupados.

Esse documento confidencia a evolução como profissional do potencial colaborador, o interesse em se manter atualizado, e certamente sobre a dedicação às organizações por onde passou.

Posteriormente, na etapa de entrevista, você deverá validar as informações fornecidas no currículo, e conhecer um pouco mais o candidato.

Por isso, procure entender o que o funcionário busca, e a razão pela qual ele se interessou pela vaga e por trabalhar em sua empresa.

Inclusive, neste estágio, é esperado que o candidato tenha um mínimo de proatividade e saiba algumas informações básicas sobre o negócio.

Em alguns casos, uma etapa de dinâmica de grupo também pode ser incluída no processo de recrutamento e seleção.

Contudo, nunca esqueça que a contratação de um novo colaborador é uma via de mão dupla.

Não foque apenas no que você busca, e sim na experiência que você fornecerá ao candidato durante este processo.

Portanto, seja pontual, tenha respeito pelo candidato, e principalmente, dê um feedback, mesmo que o candidato não seja contratado.

E para os profissionais selecionados, não deixe de realizar um eficiente processo de onboarding.

E então, está pronto para realizar a seleção de pessoas na sua empresa?

Conte sempre conosco para desenvolver sua atitude empreendedora.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *