Recrutamento online – Uma prática que veio para ficar

Recrutamento online – Uma prática que veio para ficar

Com a tecnologia cada vez mais presente no nosso dia a dia, muitos processos estão no digital. Você já participou de um recrutamento online?

Nos últimos meses, o recrutamento online se fez cada vez mais presente e necessário na rotina das empresas e daqueles que estão buscando uma nova vaga de trabalho.

Sem grandes mistérios, o recrutamento online (RO) é apenas uma maneira de realizar uma ou mais etapas do processo seletivo com muito pouco ou nenhum contato presencial.

Mas não se engane, essa é uma prática que já vinha sendo aplicada por várias empresas com mais frequência na última década, e que tomou ainda mais força nos últimos anos.

TECNOLOGIA PARA RECURSOS HUMANOS

Ainda assim, ao mesmo tempo, a área de Recrutamento e Seleção das empresas talvez tenha sido o setor que mais demorou a incorporar tecnologias nos seus processos.

Surpreendentemente, estima-se que apenas 10% das empresas utilizem ferramentas de tecnologia para recrutar.

No mercado de trabalho brasileiro, em que quase sempre há mais oferta de mão de obra do que de vagas, o RH sempre tem um grande volume de candidaturas a serem avaliadas para as vagas.

Antes de chegar nos candidatos, o RH precisa fazer a adequação da vaga, avaliação de currículos para então fazer a triagem, até chegar nas entrevistas.

O RO acelera o processo e torna mais ágeis a bateria de entrevistas para cada vaga, através de softwares e redes sociais.

Dessa forma, o recrutamento digital pode ajudar.

Isso porque engloba, dentre outras coisas, as vídeo-entrevistas: aquelas em que os candidatos gravam um vídeo rápido de apresentação, e mandam para os recrutadores.

COMO A TECNOLOGIA PODE FACILITAR O PROCESSO DE RECRUTAR ONLINE

Além das entrevistas, o recrutamento online também ajuda em outras fases e procedimentos do recrutamento e seleção, entre elas:

  • Divulgar as vagas;
  • Atrair candidatos;
  • Testes de conhecimento e perfil;
  • Admissão e contratação.

No entanto, antes de implantar o RO, a empresa precisa conhecer e testar algumas das diversas ferramentas disponíveis no mercado.

É fundamental entender como seus recursos e, principalmente, a cultura da empresa vai absorver esse novo modus operandi.

Mas calma! Obviamente, não é necessário que você implemente o recrutamento digital para todas as vagas da sua empresa.

Em princípio, as empresas podem começar com as vagas que sugerem candidatos de faixa etária menor.

Vagas de estágios e de trainees são exemplos.

Decerto, a geração mais nova apresentará menos resistência com o processo online.

Por outro lado, pode-se aplicar algumas das etapas iniciais para as demais vagas, com faixa etária mais ampla.

Assim, além de otimizar seu processo, você ajuda a quebrar paradigmas no mercado de trabalho.

RECRUTAMENTO ONLINE HUMANIZADO

Do mesmo modo, um ponto importante a se levar em consideração é o fato de que os candidatos buscam cada vez mais uma postura humanizada por parte das empresas.

Certamente esse primeiro contato é a impressão que fica do negócio pretendida.

Por mais que o RO possa não ter muito contato presencial, a condução do processo é que vai trazer a dose necessária e mostrar que a empresa é acolhedora, acessível e transparente.

A humanização é percebida na maneira como a candidatura é conduzida.

A tecnologia economiza tempo e energia dos recrutadores, e permite que consigam chegar naqueles candidatos que, de fato, fazem sentido.

Assim, podem se dedicar mais a eles.

Para isso, os recrutadores devem ser treinados e precisam buscar demonstrar empatia, interesse, dedicar atenção.

Além disso, dar o devido feedback tão esperado por todos os candidatos também é muito importante.

Use tecnologias para otimizar seus processos e realize um recrutamento online humanizado!

Conte conosco sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *