Psicologia das cores: Isso pode mudar seu negócio

A psicologia das cores é uma corrente bastante difundida no marketing, você sabe o porquê?

A saber, no nosso cotidiano, e principalmente dentro do mercado, saber usar a psicologia das cores para entender o significado das tonalidades, pode trazer vários benefícios para você.

Porém, antes de me aprofundar no assunto, preciso esclarecer que a psicologia das cores é um campo de debate que procura compreender as reações do ser humano em relação às cores.

Em outras palavras, é o estudo que examina os efeitos que cada tonalidade pode ter sobre você.

É provável que você possa estar se perguntando qual é relação desse fator com marketing, empreendedorismo, e os assuntos que abordamos aqui no ADF.

Caso esse seja o seu caso, permita-me deixar claro que cores são fatores que influenciam o comportamento do consumidor muito usados pelo mercado.

Você já ouviu algo nesse sentido?

Por que a psicologia das cores é tão importante?

Em primeiro lugar, cores são importantes porque elas chamam atenção.

Você já parou para pensar nisso?

No mundo em que vivemos hoje, a concorrência de mercado é muito alta, ao passo que é difícil não se perder quando vamos a grandes supermercados para escolher um único produto.

Em outras palavras, existe uma infinidade de coisas das mesmas categorias.

Nesse sentido, visuais que somos, o que você acha que chama mais atenção em uma prateleira: uma lata branca ou alguma com cores vibrantes?

Acho que ouvi sua resposta daqui.

Além disso, 93% dos consumidores levam em conta a aparência dos produtos antes de efetuar uma compra, e acredite você ou não, 60% da aprovação de um bem depende da cor que ele possui.

Assim sendo, você sabe quais são os significados das cores, e como elas podem influenciar o mercado?

Continue lendo para descobrir.

Significado das cores

Até aqui você viu que as cores executam uma função fundamental na nossa assimilação visual, pois sugestionam nossas reações diante do ambiente que está a nossa volta.

Porém, cada uma delas estimula uma sensação diferente.

Inicialmente, é importante que você entenda que existem dois subgrupos principais: as cores primárias e as secundárias.

Cores primárias

  • Vermelho – Emociona, instiga as pessoas a tomarem decisões.
  • Amarelo – Estimulante, eleva o otimismo.
  • Azul – Inspira confiança, transmite tranquilidade e segurança.

Cores secundárias

  • Laranja – Passa energia, e é convidativa, porém menos forte que o vermelho.
  • Verde – Equilíbrio, jovialidade e estabilidade, transmite tranquilidade.
  • Roxo – Criatividade e espiritualidade, tem relação com a resolução de conflitos.

Agora que você já tem alguma noção do significado dos principais tons utilizados pelas marcas, que tal conhecer como algumas empresas utilizam esse mecanismo?

Só para ilustrar, você já deve ter visto ofertas e anúncios em vermelho, certo?

Isso acontece muito em períodos de liquidação e grandes ofertas, inclusive.

Surpreendentemente, muitas empresas fazem uso dessa cor para gerar sentimentos de urgência em seus consumidores.

Ao se depararem com as ofertas em vermelho, o inconsciente é motivado a tomar a decisão pela compra.

Por causa disso, muitos empreendedores estão investindo em aprender mais sobre a psicologia das cores, e se eu fosse você, faria o mesmo.

Vamos juntos caminhar rumo ao desenvolvimento, estamos aqui para trilhar essa caminhada com você.

Até mais.

Luis Vabo Jr.

Vabo é especialista em People Skills, OPM pela Harvard Business School e mestre pelo COPPEAD/UFRJ, com extensão na EM Lyon Business School. Vendeu sua primeira startup antes dos 30 anos para o grupo B2W Digital e foi diretor da Stone Pagamentos. É CEO do Além da Facul, professor da Link School of Business e Empreendedor Endeavor.

Deixe seu comentário