Profissional liberal: Quais são as peculiaridades?

Profissional liberal: Quais são as peculiaridades?

Muita gente cresce com o sonho de se tornar um profissional liberal por acreditar que profissões assim oferecem estabilidade e bons frutos.

Se isso aconteceu com você, já deve ter notado que a vida do profissional liberal quase nunca é fácil, isso porque se reinventar é sempre uma necessidade.

Mas antes de qualquer coisa, deixa eu esclarecer que o profissional liberal é aquele que possui determinada formação, que pode ser técnica ou acadêmica, sempre regulamentada por alguma instituição.

Você já ouviu falar em OAB e CREA?

Se não sabe o que isso significa, essas são entidades que estabelecem padrões e processos para os setores trabalhistas da sociedade.

Além disso, profissionais liberais quase sempre precisam contribuir com algum sindicato, e também são registrados em conselhos específicos.

Tudo isso acaba possibilitando que você enquanto profissional consiga ter mais flexibilidade para atuar no mercado, sem necessariamente ter vínculos empregatícios.

Profissional liberal: Quem pode desempenhar essas funções?

No geral, qualquer pessoa que passe por alguma qualificação formal.

Portanto, médicos, advogados, dentistas, esteticistas, dentre outros, podem pertencer a essa categoria.

Agora você pode estar se perguntando sobre as eventuais tributações que esses colaboradores precisam desembolsar.

Em síntese, esses processos dependem bastante da sua situação enquanto profissional.

Por exemplo, você tem algum vínculo empregatício?

Se você não tem, esse padrão vai variar de acordo com o que você faz.

Isto é, você trabalha para pessoas físicas ou para pessoas jurídicas?

Para quem não trabalha com vínculo empregatício

Se você é seu próprio chefe como pessoa física, saiba que o valor da tributação que você precisará pagar vai depender do formato do serviço que você vai prestar.

Dessa forma, se você estiver entregando algum serviço para um negócio, os impostos são pagos na fonte.

Depois disso, basta declará-lo no seu imposto de renda.

Porém, se você estiver fornecendo um serviço a uma pessoa física, vai ter que recolher os impostos todos os meses.

Da mesma maneira, não se esqueça que você também vai precisar pagar imposto de renda, PIS, ISS e INSS.

Analogamente, se você tiver uma empresa, o valor vai depender do tamanho do seu empreendimento.

A situação também muda se você trabalhar com CLT, pois nesses casos, os impostos são recolhidos pelo negócio em que você trabalha.

Mas não se esqueça de declarar o seu IR.

O profissional liberal pode ser MEI?

Aquelas pessoas que são profissionais liberais, e querem abrir um negócio, geralmente são enquadradas nas áreas de empresas de pequeno porte, e microempresas.

Isso porque MEI são colaboradores que não têm suas atividades regulamentadas, como vendedores autônomos.

E falando nisso, você sabe qual é a principal diferença existente entre essas duas classes?

Ainda tem gente que confunde, mas só para esclarecer, essas são duas classificações diferentes.

Afinal, um trabalhador autônomo é aquela pessoa que trabalha para si, porém ele não necessariamente precisa ter alguma formação técnica.

Isto é, se você nunca fez faculdade, mas tem algum negócio, certamente pode se intitular assim.

E então gostou de entender mais sobre o profissional liberal?

Esperamos que sim! Conte sempre conosco.

Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *