Prestação de serviços: O setor que sempre está em alta

Prestação de serviços: O setor que sempre está em alta

A prestação de serviços é uma das principais tarefas de grande parte dos negócios do país, e esse exercício possui desafios e oportunidades muito particulares.

Além disso, diferente do que acontece no setor comercial, o setor de prestação de serviços deve disponibilizar experiências e soluções eficientes para o consumidor, a fim de conquistá-lo.

A propósito, você até pode saber o que isso significa, contudo para esclarecer as coisas, saiba que as atividades de prestação de serviços englobam atividades de natureza econômica, que têm por objetivo atender as necessidades do mercado, sem o envolvimento de um produto.

Em suma, você pode entender essas atividades como ações que visam satisfazer as urgências de um potencial cliente através de uma ação.

Dessa maneira, quando você contrata um serviço, está pagando por um trabalho, por uma experiência ou até pelo uso de algo.

Só para ilustrar, você pode enquadrar esse setor no ramo de: transporte, alimentação, tecnologia e até da educação.

E cuidado com um detalhe importante: prestar serviço não é a mesma coisa que vender produtos.

Nessa primeira situação, você adquire algo intangível que na maioria das vezes é produzido e consumido ao mesmo tempo.

Um avião é uma mercadoria, certo?

Porém um ticket de avião é um serviço.

Prestação de serviços: propriedades do setor que mais cresce no país

A saber, serviços são dotados de algumas propriedades bem características que acabam diferenciando-os dos produtos.

Essas são:

  1. Perecibilidade: serviços não têm um prazo de validade como os produtos.
  2. Tangibilidade: é mais difícil saber quanto um serviço deve custar do que um produto.
  3. Propriedade: serviços não alteram sua propriedade, porém isso acontece com os produtos. Se você comprar um produto, ele deixa de pertencer a loja, e passa a ser seu.
  4. Inseparabilidade: produtos podem ser feitos em momentos diferentes, mas isso não acontece com os serviços.

Quando você paga pelo conserto do seu computador, está adquirindo um serviço. Contudo, se precisar comprar alguma peça para isso, estará adquirindo produtos.

Inegavelmente esse é um setor muito importante para o Brasil, afinal gera muitos empregos.

Só para você saber, cerca de 70% dos empreendimentos que existem por aqui são de prestação de serviços, porém 44,9% dessas empresas estão ativas.

Isso é quase 30% do nosso PIB.

Apesar disso, existem vários desafios para quem quer empreender nessa vertente de negócio.

A seguir eu te apresento alguns deles.

Obstáculos para prosperar no mercado

  • Variação na receita mensal: isso acontece porque a demanda pode variar mês a mês.
  • Precificar: é mais simples atribuir preços a produtos do que a serviços.
  • Pessoas: um serviço bem feito precisa de alguém para ser realizado. Nem sempre é fácil encontrar pessoas produtivas e com um bom desempenho.
  • Prever as demandas: você precisa estar pronto para atender seus usuários e as necessidades deles.

E se você quiser se dar bem nesse ramo, precisa estar atento a alguns fatores importantes.

Dicas para ser bem-sucedido nessa atividade

  • Saiba quais são seus custos fixos e variáveis.
  • Esteja atento a maneira que irá precificar seu serviço: para tanto analise seus custos, o quanto espera ter de lucros, seus concorrentes, etc.
  • Estruture uma proposta comercial convincente e com fundamentos.
  • Controle os contratos que existem e faça ajustes necessários.
  • Repita comigo: seu maior objetivo é o sucesso e satisfação do seu cliente.

Gostou de entender mais sobre a área de prestação de serviços?

Conta sempre conosco para se desenvolver.

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *