Presenteísmo e a sua importância para as empresas

Presenteísmo e a sua importância para as empresas

No momento de começar a trabalhar muitos questionamentos podem surgir na sua cabeça. Acredite, é normal. Apesar de pensamentos assim produzirem sentimentos ruins em alguns casos, é muito importante procurar desenvolver o presenteísmo no seu cotidiano.

E ainda falando sobre essas reflexões, não ache que é só você que passa por isso. Muitos empreendedores e líderes de equipes já notaram que estar trabalhando com pouco interesse e motivação são tão prejudiciais quanto não ter pessoas apostas. O presenteísmo é então uma pauta urgente que precisa ser discutida.

Como você já deve imaginar, o presenteísmo é a atitude de viver o presente intensamente. É o ato de simplesmente se dedicar completamente ao momento que você está vivendo, seja no seu trabalho ou na vida pessoal.

O presenteísmo e seus efeitos na sua empresa

Sabe aquelas pessoas que começam a trabalhar já pensando em ir embora?

Esse tipo de acontecimento só evidencia como a pressão e a competitividade exacerbada no ambiente empresarial podem ser tóxicos.

Ademais, muita gente acaba insistindo em empregos que não tem nada a ver com a sua personalidade nem com os seus anseios de vida, por causa do medo do desemprego.

Só para você saber, existem muitos fatores que podem originar esse tipo de ação.

As vezes pode ser por causa do estresse, ou pelos problemas organizacionais como a ausência de reconhecimento e de perspectivas.

O que acaba acontecendo é que tudo isso pode te deixar frustrado, triste e até doente.

Além disso, é bem comum que você não se envolva com as suas responsabilidades enquanto colaborador, e isso vai atrapalhar muito o seu time.

Uma vez que você faz suas atividades de forma mecânica, é comum cometer erros e não perceber, por exemplo.

Presenteísmo e absenteísmo significam a mesma coisa?

Em primeiro lugar, deixa eu te dizer que não.

Esses dois conceitos apresentam diferenças bem distintas.

Nesse cenário, saiba que o absenteísmo é uma prática que acontece quando o seu funcionário não está fisicamente no local de trabalho.

Por outro lado, o presenteísmo acontece quando ele até se encontra na empresa, mas não tem níveis de produção satisfatórios.

Inegavelmente as duas situações podem ocasionar muitos danos ao negócio de qualquer pessoa.

E é para prevenir essas práticas que você deve ter um setor de RH ativo, para que como líder possa traçar soluções para essa problemática.

Dito isso, fique atento aos seus colaboradores, e ao identificar esse tipo de comportamento intervenha imediatamente.

A saber, ações que promovam a qualidade de vida e até orientações individualizadas são ótimas alternativas.

O incentivo profissional precisa existir, e enquanto líder, essa é uma responsabilidade sua.

Por fim, não tenha dúvida que ambas as situações acima, tanto o absenteísmo como o presenteísmo, podem afetar o clima organizacional e os resultados do seu negócio.

Se quiser entender mais sobre como solucionar esses problemas, não esqueça que estamos aqui para te ajudar.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *