Preço e valor – Maior diferença entre os conceitos

Preço e valor - Maior diferença entre os conceitos

Existem muitas pessoas por aí que acreditam que preço e valor significam a mesma coisa, se esse for o seu caso, saiba que esses dois conceitos são diferentes em diversos aspectos.

Preço e valor são duas medidas importantes que você precisa entender para conseguir aplicar ao seu negócio.

Antes de te explicar os conceitos de preço e valor, eu preciso te dizer que a maior particularidade desses parâmetros pode fazer seu cliente optar por uma mercadoria mais cara.

Dessa maneira, o Warren Buffett já dizia que preço é o que pagamos, enquanto valor é o que é levado e que agrega a nossa vida.

Em síntese, o que ele quis dizer através dessa afirmativa, é que o preço é a quantia paga por alguma coisa, seja isso um serviço ou um produto.

Já o valor é mais abstrato, e é atribuído pelo consumidor na hora em que ele pensa nas vantagens de ter adquirido o seu serviço.

Preço e valor

Como eu já disse anteriormente, o preço vai ser o número que as pessoas vão encontrar na etiqueta do seu produto.

No entanto, se você ainda se questiona sobre como fazer a precificação das suas mercadorias, pensar nos seguintes fatores pode te ajudar bastante:

  • Seus custos fixos e variáveis( Quanto você gasta por mês para conseguir gerar o seu produto?)
  • Qual o lucro que você quer ter com a venda da sua mercadoria?
  • Existe procura para o que você quer vender? Em que medida?
  • Ainda nesse parâmetro, quanto seus concorrentes cobram pelos itens que produzem?
  • Quem são os seus potenciais clientes? O que eles precisam? O que esperam ter de você? Qual é o preço que estão dispostos a pagar?

A partir das respostas que você conseguir formular através desses questionamentos, você pode pensar em precificar os produtos que estão disponíveis para a venda.

Contudo, isso não acontece com o valor.

Diante desse cenário, seu cliente normalmente vai ser incentivado por algum motivo particular para realizar a compra.

Assim, em alguns momentos ele vai pensar que precisa do que você está vendendo, em outros vai entender que vale a pena fazer a compra, etc.

Analogamente, existe ainda outra coisa: quando você gasta muito tempo, energia e mão-de-obra para preparar algo, o seu produto final se torna mais valoroso.

Se você for o cliente: Como avaliar uma possível compra?

Indiscutivelmente o preço é sempre um fator que todo mundo analisa bastante.

E antes que você diga que não faz isso, calma!

Esse tipo de ação pode ser até involuntária.

Em suma, o que todo mundo espera no final das contas é fazer um bom negócio, e isso implica encontrar situações com um bom custo-benefício.

Mas na hora de fazer as suas compras, não pense apenas no preço.

Existem outros fatores que também são importantes e precisam ser percebidos.

Por exemplo: o que você pretende comprar é um item comum?

Sob o mesmo ponto de vista, esses objetos são aqueles que a gente não tem tanta urgência assim em adquirir.

Sabe a caneca do seu filme favorito? Ou mais uma camiseta preta?

Da mesma maneira, não deixe de analisar se o objeto vai durar, e se a utilização dele vai te garantir algum benefício.

Um exemplo disso é um automóvel.

Também pondere sobre as suas metas e objetivos de vida.

Se a situação for favorável, for uma necessidade real, existir um bom custo-benefício, e se você sempre tiver sonhado com isso, talvez o valor seja mais importante que o preço.

Tomara que você tenha gostado do nosso conteúdo sobre preço e valor.

Conte sempre conosco.

Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *