Preço certo: Seus produtos possuem o valor adequado?

Preço certo: Seus produtos possuem o valor adequado?

Como atribuir o preço certo aos seus serviços e produtos?

Certamente essa não é uma tarefa simples, afinal determinar o preço certo de mercadorias exige uma série de análises que precisam ser feitas com muita cautela.

Decerto que se você não confere um preço certo aos seus produtos, é provável que seus clientes escolham não comprar na sua empresa, e isso é muito sério. Valores muito elevados podem afastar seus potenciais usuários, e preços muito abaixo do mercado causam prejuízo.

Nesse sentido, eu te pergunto: você realmente sabe a melhor maneira de precificar seus serviços?

Não tem segurança de responder a minha pergunta?

Tudo bem, continue lendo o texto, posso te ajudar com isso.

Preço certo – Preço de venda por markup e margem de contribuição

Pense comigo, sempre que você realiza alguma venda, determinada quantia de dinheiro entra em caixa, correto?

Porém, antes de entender qualquer outra coisa, saiba que isso não é o seu lucro.

A princípio, para conhecer esse valor, você deve diminuir os custos e despesas que teve para conseguir gerar aquele produto, ou serviço.

Dessa maneira, a primeira coisa que você tem que fazer, é conhecer todos os seus gastos.

A saber, não vale confundir custos com despesas, tá?

Despesas são o que você tem que desembolsar para garantir que seu negócio siga funcionando.

Elas, inclusive, podem variar ou não de mês a mês.

Custos, por outro lado, são aqueles itens essenciais que têm relação direta com o seu produto.

Mão-de-obra e matéria-prima são claros exemplos disso.

Só a título de curiosidade, esses fatores podem ser diretos ou indiretos.

Analogamente, você também deve procurar saber qual é o seu custo de produção para conseguir comercializar os produtos.

Depois disso, será possível atribuir preços justos e ao mesmo tempo ter lucro.

Quais são as classificações de gastos?

  • Custos das Mercadorias Vendidas
  • Custo dos Produtos Vendidos
  • Mão de Obra Direta
  • Custos dos Serviços Prestados
  • Mão de Obra Indireta

O que é margem de contribuição e como calcular?

A saber, muita gente conhece a margem de contribuição como ganho bruto.

Em suma, isso implica em que quantidade a renda da venda de cada bem vai interferir no pagamento dos custos e despesas do negócio.

Quando você conhece esse valor, sabe quanto precisa vender para ter lucro.

Para calcular a MC, siga a seguinte equação:

MC= Valor das Vendas – (Custos que variam + Despesas que variam)

O que é Markup e como calcular?

Além da margem de contribuição, você também pode utilizar o Markup para encontrar os valores para os seus produtos.

Por conseguinte, esse fator é um índice multiplicador que você deve aplicar no custo dos seus serviços ou produtos.

Em síntese, o que você deve fazer, é somar um marco de lucro ao custo unitário.

Para chegar ao valor, siga a seguinte equação:

100 / [100 – (DV + DF + LP)], em que LP é o lucro presumido e DV e DF são despesas variáveis e fixas, respectivamente.

Tomara que esses conceitos tenham ajudado você a chegar a um preço certo para os seus produtos.

Não se esqueça que pode nos procurar para tirar suas dúvidas, ou se quiser aprofundar seu conhecimento.

Até mais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *