Pipeline de vendas: As etapas para elaborar o seu

Pipeline de vendas: As etapas para elaborar o seu

Você sabe o que é um pipeline de vendas?

Não? O pipeline de vendas é um mecanismo que junta vários prospects de um mesmo negócio.

Além disso, um pipeline de vendas consegue organizar esses prospects com base no estágio da negociação que está acontecendo.

Então através dessa ferramenta, você vai conseguir definir as ações que precisam ser feitas pela sua equipe de vendas, e também estipular prazos e supervisionar o desenvolvimento dos leads, ao passo que os qualifica ou não.

Em outras palavras, é uma lista de tarefas que precisam ser executadas todos os dias pelo grupo de vendedores de uma empresa.

Diante disso, caso você seja o principal responsável pelas vendas de um estabelecimento, deve concordar comigo que é sempre complexo elaborar um pipeline eficiente, capaz de otimizar os resultados.

É por isso que através deste texto, pretendemos te ajudar a entender como fazer um pipeline bem feito.

E antes que você se questione, não! Esse mecanismo nunca poderá ser perfeito.

Afinal, tudo dependerá do estilo dos vendedores que compõem o seu time.

No entanto, o que posso te adiantar por hora, é que o pipeline deve fluir com regularidade.

Isso quer dizer que ter vários deals antigos pode não ser um bom negócio, uma vez que essa situação pode impedir que novos acordos aconteçam.

Dessa maneira, é essencial ser prudente, e ter bom senso para balancear o número de deals recentes e antigos.

Para conseguir manter esse equilíbrio, todavia, você vai precisar estar por dentro de alguns conceitos importantes que pretendo te apresentar a seguir.

Pipeline de vendas: o que isso significa?

Enquanto vendedor, você deve saber que é importante identificar fatores como o melhor momento para ligar para um potencial cliente, e o que deve ser compartilhado com ele, certo?

Diante disso, é fundamental seguir uma sequência na elaboração do seu pipeline de vendas:

  • Contato com o lead.
  • Qualificação do potencial cliente.
  • Enviar propostas sólidas e personalizadas.
  • Fazer o follow up.
  • Negociar para eliminar as objeções.
  • Identificar se o acordo será fechado ou não.

Ao passo que realiza esses processos, você vai conseguir:

  • Compreender o potencial de compra dos seus leads.
  • Focar naqueles que estejam mais alinhados ao seu produto.
  • Fornecer boas propostas que atendam às suas necessidades.
  • Vencer os obstáculos que os impedem de finalizar a compra.

Nesse sentido, não perca tempo com aquelas pessoas que já afirmaram não possuir nenhum interesse nos seus produtos ao final do trabalho.

Portanto, invista seus recursos e energia em quem pode eventualmente se tornar um comprador dos seus serviços.

Como esse mecanismo é formado?

Dessa forma, também saiba que esses elementos são formados no interior de um software que vai te possibilitar organizar tarefas, e ter todos os dados a respeito das oportunidades de vendas que podem ser realizadas.

Assim, terá acesso ao histórico de interações entre marca e prospect.

É legal ter essas informações, pois assim você vai conseguir saber o que precisa ser feito, e o prazo necessário para que tudo esteja executado.

Não dá para negar que contar com um pipeline de vendas bem elaborado pode facilitar muito os seus processos de vendas.

É por isso que você sempre pode contar com toda a nossa equipe para entender mais sobre o assunto!

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *