Pesquisa salarial: como fazer da maneira certa?

Pesquisa salarial: como fazer da maneira certa?

Atualmente, apesar da pesquisa salarial ser uma excelente ferramenta para definir bonificações, uma das grandes dificuldades para empreendedores é estabelecer salários justos para os seus colaboradores.

Seja como for, saiba que para realizar uma pesquisa salarial bem-sucedida, você precisa mapear o perfil dos seus profissionais, e entender muito bem o que eles precisam fazer.

Inegavelmente a pesquisa salarial é uma ferramenta que busca analisar alguns aspectos de mercado para colher informações, e montar boas estratégias.

Dito isso, é bem possível que você esteja se perguntando o motivo pelo qual deve se preocupar com o valor a ser pago aos seus colaboradores.

A resposta é simples, mas não é tão óbvia quanto você imagina.

Primeiro, é necessário saber o que a legislação diz sobre o assunto.

Nesse cenário, a maioria das pessoas sabe que existe um piso salarial estipulado pela lei para a maioria das profissões.

Assim sendo, você pode começar a partir desse estamento.

No entanto, sabemos que o mercado é regido por oferta e demanda, e pela capacidade que as pessoas têm de entregar valor nos seus serviços.

Certamente bons profissionais são capazes de entregar um valor muito mais alto para o todo e também para o seu negócio.

O que isso significa?

Isso significa que pessoas com esse perfil, precisam ser bem remuneradas, para que tenham seu trabalho valorizado.

Porém, o pensamento é mais profundo quando se pensa no longo prazo.

Se esses profissionais estão alinhados ao propósito do negócio, naturalmente eles evoluem com a empresa, certo?

Então estamos conversados que reter bons profissionais, é fundamental!

Inquestionavelmente você também faz isso remunerando certo.

Seja justo também nesse setor.

Como fazer uma pesquisa salarial?

Existem diversos caminhos para se realizar uma pesquisa de salário.

Obviamente é inteligente acompanhar a média paga por outras empresas.

Assim você vai ter um ponto pelo qual pode encontrar referências.

Ademais, você também deve estar atento:

  • Experiências em funções
  • Relacionamento e confiança
  • Classificação de colaboradores

Experiência em funções

É aquela história: a melhor pessoa para te ensinar sobre algum assunto, é o indivíduo dotado de experiência.

Quem sabe fazer.

Nesse sentido, esteja certo que é através das experiências cotidianas que você vai conseguir construir uma consciência sobre a função que está sendo exercida.

Note que grandes empreendedores são super intuitivos na hora de tomar decisões difíceis.

Como ser justo? Qual é o valor do trabalho de alguém?

Em suma, essa sabedoria está na prática.

Relacionamento e confiança

Esse é um ponto de bastante atenção na definição de salários.

Existem algumas coisas que o dinheiro não pode comprar, e algumas delas são a confiança e boas relações no trabalho.

Sem dúvidas ter perto de si pessoas que você pode confiar faz muita diferença.

Então valorize funcionários em quem você pode confiar.

Classificação de colaboradores

Por fim, mas talvez a técnica mais aplicável que existe é a classificação de colaboradores.

Isso significa mensurar o nível de importância dos profissionais para definir seus salários.

Então, você pode classificá-los em:

  • Topo (20%)
  • Meio (70%)
  • Baixo (10%)

Diante disso, o topo é onde se encontram aqueles profissionais mais dedicados à empresa.

A saber, isso equivale a 20% das pessoas que trabalham com você.

Como valorizar essas pessoas?

Concedendo alguns privilégios.

Stock option (possibilidade de se tornar sócio), cursos de aperfeiçoamento, salários com bonificações por desempenho, são ótimos exemplos disso.

Já no meio, está a maioria das pessoas, cerca de 70%.

Aqui é necessário ter um pouco de cuidado, afinal você deve remunerá-los de forma justa.

Assim, é muito útil usar a cultura de feedbacks para realizar esse feito.

Por último, estão os 10% menos envolvidos com o negócio.

Nesse grupo, o foco não deve ser tanto na parte salarial, mas sim em atitudes que promovam franqueza e transparência.

Sobretudo para entender o que existe de errado.

Seja como for, veja estabelecer quanto alguém deve receber pelos seus serviços não é uma tarefa fácil.

O que você pensa sobre o assunto? Fala para gente!

Espero que esse texto tenha te ajudado a esclarecer como a pesquisa salarial pode ser feita, e qual a sua importância.

Volte sempre e até breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *