Matriz de risco – O que é e como criar

Matriz de risco - O que é e como criar

Matriz de risco é uma maneira muito comum de avaliar o risco de alguma operação.

Além disso, através da matriz de risco você pode representar a probabilidade de que um episódio aconteça, assim como avaliar as suas consequências.

Em outras palavras, uma matriz de risco é um mecanismo de gerenciamento através do qual você pode melhorar a sua compreensão dos riscos na sua empresa.

Isso vai te ajudar a tomar decisões mais sólidas e assertivas.

A saber, esse tipo de análise é muito usada em empresas, visto a praticidade do seu manuseio.

Ademais, através dessa ferramenta você e sua equipe podem ter discussões mais ricas, e certamente podem pensar em soluções mais consistentes.

Afinal, entendendo quais são os riscos de uma decisão, você é capaz de priorizar o que precisa ser feito, e assim chegar mais rápido ao seu principal objetivo.

Diante disso, também preciso te falar que essa estratégia pode ser válida para o seu negócio, em virtude do fato de que aqui os riscos são representados em gráficos que qualquer pessoa pode entender.

Resumindo, através da matriz de risco você pode determinar as dimensões de risco, e entender se esse parâmetro está controlado no seu estabelecimento.

Matriz de risco: O que você precisa entender antes de tudo

Em primeiro lugar, você precisa saber que existem duas métricas que se relacionam a esse conceito.

De forma geral, elas vão te ajudar a entender como um evento indesejado poderia afetar o seu negócio, e se ele pode acontecer verdadeiramente.

Em poucas palavras, o que acontece é que essas suas métricas originam uma matriz gráfica.

Como essa matriz gráfica pode ser formada?

Em suma, essa matriz tem o objetivo de te fornecer as duas respostas mais importantes para a metodologia.

  • Esse fenômeno é grave? Em que proporções?
  • Qual é a chance disso acontecer na minha empresa?

Tendo essas informações, você e a sua equipe podem trabalhar para antecipar soluções para o problema, por exemplo.

Legal, né?

Como eu crio a minha matriz de risco

Você já deve ter percebido, o que embasa todo esse mecanismo é a probabilidade entre duas variáveis, certo?

Então, para começar a produzir a sua própria matriz, terá que seguir dois passos, basicamente.

O primeiro é descrever os graus de probabilidade e também de gravidade de que algo aconteça.

Depois disso é só estabelecer uma pontuação.

Mas antes de começar, tenha certeza que descreveu bem cada nível, pois só assim conseguirá atribuir pontos para a probabilidade e para a gravidade de cada quesito que precisa ser feito na empresa.

Você vai notar que depois de definir esses critérios, vai ficar mais simples determinar condições que podem representar risco.

No entanto, seja bastante cauteloso no momento em que estiver atribuindo os valores.

Temos certeza que ao conseguir implementar a matriz de risco no seu negócio, você vai diminuir riscos e impactos negativos nas suas operações.

Não esqueça que sempre estaremos por aqui para te ajudar a se desenvolver.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *