Margem bruta: Conceito e forma de calcular

Margem bruta: Conceito e forma de calcular

Você sabia que conhecer a margem de lucro da sua empresa é super importante para conseguir constatar se o negócio é rentável ou não? A saber, a margem bruta é um dos tipos de margem de lucro que precisa ser calculada por qualquer empreendedor.

É muito comum que donos de empresas façam contas incertas sobre a margem bruta de lucratividade que obtiveram.

Isso é um erro, uma vez que ao não saber qual é a margem bruta do seu empreendimento, você pode mascarar resultados negativos, e assim perder dinheiro. Nesse sentido, ao não entender como encontrar esse valor, você pode chegar ao final do mês com a falsa ideia de que está lucrando, por exemplo.

Agora que você já conhece a necessidade de conhecer essa métrica, saiba que existem dois outros tipos de margens de lucro além do que já tratamos anteriormente: a margem líquida, e a margem de contribuição.

O que é a margem bruta, e como calculá-la?

A margem bruta é uma métrica que consegue medir quanto um negócio consegue lucrar quando realiza uma venda.

Para ilustrar, imagine que você comercialize camisetas a R$ 50, contudo gaste R$25 para conseguir produzi-las.

Como você pode perceber, irá lucrar 25 reais com a venda de cada peça de roupa.

Diante disso, é válido examinar esses valores estrategicamente, já que vivenciar um cenário em que um produto seja mais rentável que outro é completamente possível.

Mas não se engane! Nem sempre vale a pena priorizar produtos com margem maior.

Tudo depende da sua estratégia.

Ademais, conhecer esse valor também é fundamental para conseguir precificar seus produtos.

No entanto, preciso lembrar que esse mecanismo não é a mesma coisa que lucro.

Tem gente que confunde muito esses dois conceitos, mas na realidade, eles são bem diferentes.

Para começar, lucro é o valor completo que você pode conseguir através da venda dos seus produtos.

Em outras palavras, é a quantia que resta da venda de cada uma das mercadorias, após você ter pago tudo que precisava para produzir e vender as mercadorias.

Por isso, não esqueça que para calcular corretamente os seus custos, você precisa observar apenas os valores que estão envolvidos de maneira direta na confecção e comercialização do bem.

Em suma, o que você pode ter gastado com impostos e até custos administrativos fica de fora.

Como eu já te disse no início desse tópico, existe uma diferença no cálculo da margem bruta e do lucro.

Porém, você também deve encontrar o valor do seu lucro bruto para chegar ao resultado.

Analogamente, isso pode ser feito através da fórmula abaixo:

MB = Lucro bruto/receita total x 100, em que MB representa a margem bruta.

Tomara que depois dessas dicas fique mais simples entender a rentabilidade do seu negócio.

Não se esqueça que isso é essencial para montar uma estratégia eficiente.

Por fim, estamos sempre por aqui para te ajudar a se desenvolver.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *