Lean startup – Conceito e formas de aplicar

Lean startup - Conceito e formas de aplicar

Alguma vez na vida você ouviu o termo lean startup?

Se está familiarizado com o universo do empreendedorismo, é provável que sim, certo? Afinal, o método lean startup é comum entre empreendedores.

Mas antes de começar nosso papo de hoje, deixa eu te contar que o lean startup é um movimento que defende a diminuição de desperdício dos recursos necessários para que procedimentos em uma startup aconteçam.

Como você deve saber, no momento em que você decide abrir a sua empresa, é bacana montar um plano de negócios, para entender muito bem todas as particularidades do negócio.

Isto é, as oportunidades que existem no mercado e o problema que você pretende resolver através dos seus serviços.

Depois de ter esse plano bem definido, chega o momento de procurar fornecedores, investidores, e colocar tudo que você planejou em prática.

Apesar de todo esforço, às vezes esses processos podem acontecer de maneira diferente daquela que você esperava.

O típico dinheiro jogado fora!

O movimento de startups enxutas atua com o objetivo de evitar esse desperdício todo.

Lean startup: Como é que isso funciona?

No geral, o que acontece através dessa estratégia é que você vai passar a identificar, e até eliminar, os desperdícios que podem acontecer nos processos dentro dos setores de uma startup.

Mas diferente do que as pessoas pensavam antigamente, esse conceito pode ser aplicado a qualquer modelo de negócio, sendo uma startup ou não.

Inquestionavelmente grandes empreendimentos também podem ser muito beneficiados ao adotar essa estratégia.

Mas como você pode usar a metodologia lean startup?

Resumidamente você precisa saber que antes de colocar o seu produto no mercado, não existem garantias que tudo vai dar certo.

Afinal, no início o que você tem são só hipóteses.

Por isso que o método da startup enxuta afirma que não é interessante bolar um super plano de negócios logo no início do projeto.

De acordo com a metodologia lean startup, você pode utilizar o Canvas e assim estruturar o seu modelo de negócio.

Então que tal começar criando um diagrama que evidencie como o seu negócio criará valor para os consumidores, ao passo que também consegue lucrar?

O segundo passo, por outro lado, é testar as suas hipóteses, a partir do customer development.

E o que isso quer dizer?

Basicamente você precisa falar com usuários em potencial e parceiros que podem te dar um feedback sincero sobre todo o seu modelo de negócio.

Para conseguir estruturar isso, um bom caminho é o MVP.

Antes de continuar, saiba que o Produto Mínimo Viável, ou MVP, é um tipo de variante de produto produzida de forma econômica apenas com o objetivo de recolher opiniões sinceras do mercado.

Assim você vai conseguir avaliar suas hipóteses.

Por fim, a lean startup costuma admitir o desenvolvimento ágil, que evita o desperdício de tempo e recursos.

Gostou de entender mais sobre isso? Estamos aqui para responder suas dúvidas.

Até mais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *