Como ter inteligência emocional no trabalho

Como ter inteligência emocional no trabalho

Você já vivenciou situações em que precisou ter inteligência emocional no trabalho?

Decerto não podemos negar que pessoas que possuem inteligência emocional no trabalho têm muitas vantagens e certamente são mais felizes do que indivíduos que facilmente se descontrolam frente às dificuldades.

Antes de me aprofundar no assunto, contudo, preciso esclarecer que inteligência emocional é a habilidade que alguém possui em administrar seus sentimentos.

Diferente do que muita gente pensa, esse termo não foi criado por Daniel Goleman.

Ele já existe desde 1966, porém foi o psicólogo que disseminou e tornou esse conceito mais amplamente conhecido pelas pessoas.

Todavia tenho certeza que não é isso que você quer saber, não é mesmo?

Então vamos ao que interessa.

Antes de qualquer coisa, é muito importante que você saiba que existem cinco apoios nos quais essa importante habilidade se sustenta, e neste texto eu pretendo falar um pouco deles para você.

O que isso significa na prática?

Eu te disse anteriormente que inteligência emocional significava basicamente a habilidade que uma pessoa poderia possuir de não permitir que suas emoções viessem a interferir no seu bem-estar, porém não é só isso.

Caso você desenvolva essa capacidade, é muito provável que as suas relações também melhorem.

Nesse sentido, você provavelmente passará a assumir e a comedir palavras e julgamentos.

Já imaginou como essas ações podem impactar positivamente seus relacionamentos?

Sob o mesmo ponto de vista, falando mais praticamente, deter essa característica tem muito a ver com saber escutar os outros, e a si mesmo.

Assim, no seu trabalho, é provável que você se transforme em um colaborador mais apto em lidar com pressão, receber feedbacks e liderar outros membros do time.

Cinco pontos da inteligência emocional:

Agora que você já entendeu o que significa inteligência emocional, preciso passar rapidamente pelos cinco pontos que sustentam essa habilidade.

Assim, você poderá desenvolvê-la em todos os ambientes que desejar, visto que essa é uma qualidade fundamental para qualquer pessoa.

  1. Perceba seus sentimentos e tenha consciência das suas emoções.
  2. Durante esse processo, tente conter seus impulsos. Controle-se.
  3. Não deixe de se motivar.
  4. Procure entender o ponto de vista de outras pessoas, e as razões pelas quais elas tomam certas decisões.
  5. Cultive bons relacionamentos.

Inteligência emocional no trabalho:

Só para você saber, mais da metade do que você faz no seu ambiente de trabalho depende da capacidade de gerir suas emoções.

Em outras palavras, se você quiser crescer na empresa, ou que o seu plano de carreira seja bem-sucedido, não pense duas vezes em desenvolver inteligência emocional.

Mas como você pode fazer isso?

Em primeiro lugar, procure administrar seus sentimentos negativos, e não permitir ser completamente afetado por eles.

Nesse sentido, quando estiver em alguma situação complicada, respire fundo e procure analisar todos os lados da história.

Além disso, não deixe de falar com seus companheiros de uma maneira compreensível e não-violenta.

Anota aí, vale praticar a empatia principalmente aqui.

Da mesma maneira, não deixe de se avaliar e procurar se conhecer.

Saiba o que te tira do eixo, e se programe para evitar essas situações.

Afinal,  um dos seus principais objetivos no seu ambiente de trabalho precisa ser entregar bons resultados e ter uma boa convivência com todos.

Visto que você nem sempre vai conseguir, tenha resiliência nas circunstâncias em que perder um pouco a mão.

Comece de novo.

Contudo, nunca deixe de procurar evoluir, uma vez que essa é uma das principais premissas para se desenvolver inteligência emocional no trabalho.

Conte sempre com a nossa equipe!

Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *