O imediatismo e seus males na vida do empreendedor

O imediatismo e seus males na vida do empreendedor

A cultura do imediatismo está muito em voga atualmente, você imagina o porquê?

Inegavelmente o imediatismo é um baita problema que a humanidade enfrenta hoje. Afinal, é muito comum encontrar pessoas que querem que tudo aconteça para ontem, né?

Apesar do imediatismo ser uma tendência de pessoas que apresentam condutas progressivamente ansiosas, você não pode estar alheio ao tema. Ademais, mesmo que não te atinja diretamente, pessoas ao seu redor podem sofrer com esse dilema.

Em paralelo a isso, têm uma porção de pessoas por aí que acreditam que nós estamos vivendo o que o professor Rushkoff denomina como cultura do imediatismo.

Nesse sentido, parece que diante de um cenário como esse, o futuro é sempre uma incógnita e incerto.

Em suma, é como se as pessoas ficassem inquietas e não conseguissem aprender com o que viveram no passado.

Alguns estudiosos, inclusive, afirmam que a culpa disso tudo é da massificação dos veículos eletrônicos.

Uma vez que depois da internet, absolutamente todas as coisas precisaram ser feitas para ontem.

Como você reage a um dia de internet lenta? Algumas horas de espera são capazes de te fazer sair do sério?

Eu poderia apostar que você vai me responder que fica apático e impaciente em situações assim.

A saber, isso acontece justamente por causa da percepção imediatista que você aprendeu a ter sobre tudo.

Eu, você e o restante do planeta, melhor dizendo.

A cultura do imediatismo

Inegavelmente esse é um assunto bem sério.

Afinal, pessoas imediatistas quase sempre têm dificuldades em manter relacionamentos saudáveis.

A otimização do tempo e a produção se tornaram o que existe de mais importante.

Dessa maneira, ter tempo livre e ficar ocioso são quase como pecados capitais para quem é assim.

Seja como for, esteja ciente que o imediatismo não é o maior problema que você vai enfrentar.

Contudo, ele certamente pode te ocasionar outros males, como depressão, burnout e a própria ansiedade.

Assim, você sempre estará preso ao presente com temores injustificáveis sobre o que vai acontecer no futuro.

Pessoas imediatistas – Principais características

Quem é imediatista, normalmente possui uma série de características que os diferenciam.

Normalmente elas são extremamente ligadas a internet, e não conseguem viver sem um smartphone e redes sociais.

Se esse for o seu caso, saiba que esse tipo de comportamento pode te prejudicar de incontáveis maneiras.

E antes que você contra argumente: suas alterações comportamentais são os menores dos seus problemas.

Além da ansiedade e depressão, você pode ter bastante dificuldade em lidar com momentos difíceis e desafios.

Nesses cenários, você pode se sentir frustrado e triste.

A saber, a jornada profissional de todos nós é composta por momentos difíceis.

Não tem para onde correr, você vai enfrentar essas situações em toda sua vida.

Trabalhando para outros ou para si mesmo, sempre será complicado lidar com várias situações.

Para tanto, deixar o imediatismo de lado é o primeiro passo para se desenvolver e evoluir.

Como deixar de ser imediatista?

Primeiramente você vai precisar passar um tempo buscando se conhecer melhor.

Aquele bom e velho autoconhecimento sempre tão presente nos nossos textos.

Se tiver dúvidas de como fazer isso, procure ajuda.

Sem dúvidas terapia pode ajudar, acredite.

Depois disso é hora de ter coragem para deixar de procurar por soluções rápidas.

Por outro lado, se quem sofrer com esse problema for o seu colaborador, não hesite em investir em treinamentos e sempre priorize o diálogo em todos os momentos do processo de contratação de um novo funcionário.

Dessa maneira, procure por profissionais com senso crítico e dotados de muita vontade de aprender.

E você, enfrenta alguma dificuldade gerada pelo imediatismo?

Conta pra gente nos comentários!

E lembre-se, conte sempre conosco.

Até mais.

Deixe seu comentário