Gerenciamento de riscos – Conceito e finalidade

Gerenciamento de riscos - Conceito e finalidade

Você precisa fazer um bom gerenciamento de riscos!

É sério. Gerenciamento de riscos é um dos procedimentos mais importantes a serem realizados pelo empreendedor.

Mas antes de qualquer coisa, o gerenciamento de riscos nada mais é do que a atitude de fazer um planejamento minucioso dos meios materiais e humanos de uma empresa.

Sob o mesmo ponto de vista, essa prática tem o objetivo de diminuir os riscos que existem nas operações feitas dentro do negócio.

No entanto, não podemos esquecer que você também pode se deparar com excelentes oportunidades em meio ao risco.

Em outras palavras, não tem como se desenvolver sem correr riscos. De fato, eles são necessários.

Mas saber administrar esses momentos é fundamental para conseguir gerar valor a qualquer situação.

Nesse sentido, vale pontuar que o fenômeno da geração de valor acontece no momento em que o empreendimento define estratégias para conseguir equilibrar seus objetivos de crescimento com os riscos existentes no processo.

Nessa perspectiva, é interessante que a sua gestão de riscos se baseie em alguns princípios básicos.

Princípios que o seu gerenciamento de riscos precisa atender

Em primeiro lugar, você precisa proteger sua organização, a medida em que cria valor para a marca.

Também é muito importante levar em conta todos os processos da sua empresa, e avaliar o resultado para tomar qualquer decisão.

Analogamente a isso, é essencial que a sua gestão seja estruturada, sistemática, transparente e condizente com o contexto que a sua empresa está inserida.

Ou seja, esse tipo de recurso precisa ser embasado em informações pertinentes que influenciam seu negócio e os possíveis resultados que você pode ter.

Mas como tudo isso funciona?

Em síntese, ao administrar os riscos, você vai conseguir avaliar ameaças e possíveis oportunidades que podem afetar a preservação de valor do seu negócio.

Analogamente a essa análise estruturada e pragmática, você vai ser capaz de aplicar estratégias no seu empreendimento, que podem identificar eventos com potencial de prejudicar ou beneficiar o desenvolvimento da organização.

Através dessas informações, é muito mais simples gerenciar riscos, e assim garantir que esses mecanismos sejam compatíveis com o que você planejou.

Lembre-se da máxima: se o risco gerar impacto negativo para a empresa, possivelmente criar valor será mais difícil.

Agora se a situação gerar impactos positivos, por outro lado, é possível que algo aconteça e favoreça a realização dos seus objetivos.

Dessa maneira, criar valor, ou até preservar o que já existe, fica muito mais simples.

Qual é a finalidade disso tudo?

É claro que os empreendedores recorrem a essa prática com uma série de objetivos em mente.

Você conheceu o principal deles acima: gerar valor.

Porém, se me perguntar sobre mais objetivos, posso pontuar alguns outros também notáveis.

  • Equiparar os riscos as suas estratégias
  • Otimizar seu processo de decisão em relação aos riscos
  • Diminuir as chances de ter algum prejuízo ou surpresas inesperadas
  • Otimizar seu capital

Por fim, espero que você tenha entendido melhor como o gerenciamento de riscos funciona.

Conte com a nossa equipe para continuar melhorando e se desenvolvendo.

Até breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *