Geração Y – Como tirar o melhor da geração do milênio

Geração Y - Como tirar o melhor da geração do milênio

As pessoas podem pertencer a diferentes gerações, e hoje vou falar mais diretamente sobre a geração y.

Nesse sentido, tendo você nascido ou não próximo a virada do milênio, uma coisa é certa, é necessário aprender a lidar com a geração y.

Dessa maneira, indivíduos que pertencem a geração y, são em sua maioria, bastante familiarizados com a tecnologia, as mídias sociais e os adventos da internet.

Enquanto líder, é fundamental aprender a atender esses colaboradores, uma vez que essa é uma importante força produtiva.

A saber, nossa sociedade é composta por gente de épocas diversas.

Você deve saber que isso significa que cada um desses grupos possui atributos característicos do seu momento histórico.

Em outras palavras, eles têm ambições, formas de trabalhar e de enxergar o mundo completamente diferentes.

Por esse motivo, a convivência harmônica desses grupos é fundamental para que a sociedade continue evoluindo e se desenvolvendo.

Na prática essa realidade pode ser um tanto complicada para alguns.

Só para ilustrar, pense em uma grande empresa repleta de funcionários.

Obviamente será necessário lidar com as diferenças naquele ambiente, certo?

Ademais, não importa muito em que data seus funcionários fazem aniversário, é seu papel como líder tirar o melhor de cada um deles.

Geração Y e suas particularidades

Como dito anteriormente, as pessoas que pertencem a essa classificação nasceram no período final da década de 1970 até o começo dos anos 1990.

Esses indivíduos também podem ser chamados de millennials, uma vez que se tornaram adultos nos anos 2000.

Se esse for o seu caso, saiba que foi a partir da sua geração que as pessoas passaram a ter mais acesso a internet e a tecnologia como um todo.

Decerto que isso familiarizou essas pessoas à inovação.

Todavia, existem muitas outras características comuns a esse grupo de pessoas, e conhecê-las é fundamental para aprender a lidar com elas.

Mas quais são os atributos mais marcantes?

  • Eles são multitarefas e flexíveis. Conseguem receber estímulos diferentes e responder a todos naturalmente. Dessa forma, acabam produzindo mais em menos tempo.
    Contudo, não me entenda mal, realizar muitas atividades não importa muito se você não fizer um bom trabalho.
  • Na maioria das vezes, eles não são adeptos aos preceitos tradicionais de hierarquia nas empresas que estamos habituados.
    Assim, faz mais sentido conquistar uma posição por mérito e esforço do que qualquer outra coisa.
  • Os millennials valorizam bastante ferramentas como feedback, pois assim conseguem sentir mais segurança em suas ações, e mudar a rota quando for necessário.
  • Acabaram se tornando mais ansiosos e imediatistas, sobretudo devido ao contexto em que estão inseridos.

Como se conectar com a geração Y?

De fato, existem muitas diferenças entre a geração Y e qualquer outra classificação.

Basta se comparar ao seu pai, ou avô.

Imagino que você possua pensamentos e concepções que se diferenciam dos valores que eles têm como corretos e absolutos.

Mas como podemos encontrar um meio do caminho nessa relação para que os grupos possam se conectar e, por exemplo, trabalhar em conjunto?

Talvez um bom primeiro passo seja procurar ser mais sociável e acessível.

Procure se familiarizar aos veículos digitais, pois eles quase sempre estão conectados, e estar nesses ambientes aumenta as suas chances de ter alguma troca com esses indivíduos.

Ademais, não deixe de aproveitar pequenos momentos para ter algum tempo de qualidade com eles.

Assim, aproveite o intervalo de almoço ou o início de alguma reunião para tentar uma aproximação.

Tenho certeza que você vai se sair bem!

Espero que tenha gostado de conhecer mais a fundo a geração y.

Lembre-se que sempre estamos aqui para tirar suas dúvidas.

Até logo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *