Feedback negativo: Veja como passá-lo corretamente

Feedback negativo: Veja como passá-lo corretamente

Existem boas formas de dar um feedback negativo, esteja certo disso.

Muito embora ninguém goste de receber críticas, essas posições são muito relevantes no processo de desenvolvimento de qualquer pessoa. Por isso, mesmo um feedback negativo pode ser uma rica oportunidade de evoluir e melhorar.

Mas por qual razão fornecer um feedback negativo, ainda que visando o crescimento da outra pessoa, é tão difícil?

No geral, podemos atribuir a culpa ao medo de passar por situações de conflito, que certamente causam desconforto em ambas as partes.

Quer dizer, preciso conviver com essa pessoa todos os dias…

É natural evitar constrangimentos, certo?

Se pensa dessa maneira, preciso esclarecer que o papel de um líder é influenciar as pessoas com quem trabalha a serem melhores.

Assim, no momento em que você assume a confortável posição de apenas delegar tarefas, e não ser ativo no desenvolvimento do seu time, está prejudicando toda a  empresa.

Sem falar na pessoa que foi avaliada, que também perde a chance de corrigir falhas responsáveis por travar o seu desenvolvimento.

Nesse sentido, não acredite nas pessoas que afirmam que o feedback negativo é uma prática ruim.

O que você precisa avaliar, por outro lado, é se está fornecendo esse retorno da forma correta.

Como transformar o feedback negativo em algo positivo entre os seus colaboradores?

Primeiramente partindo do compromisso em ser sincero com a pessoa que trabalha com você.

Mas isso não significa que você deve ser bruto e deselegante.

Muito pelo contrário.

A sua vontade em ver o outro crescendo e chegando aos objetivos que sempre sonhou, precisa te impulsionar a ser completamente honesto, sincero e empático nas suas colocações.

Dessa forma, você não pode criticar por criticar, ou assumir que suas opiniões são um indicador de reprovação para o colaborador.

Entenda: sua atitude enquanto líder deve transparecer o seu interesse no desenvolvimento de quem escuta você.

Dessa maneira, será mais fácil para o avaliado entender sua postura, e procurar meios para corrigir o que ainda não é feito de maneira satisfatória.

Verdadeiros líderes não podem ser freados pela necessidade de agradar sempre.

Se fizer isso, seus resultados estarão sempre na média.

Algumas dicas valiosas

Para terminar, não poderia deixar de te dar algumas dicas para implementar melhor essa prática na sua empresa.

Não perde tempo e já anota aí:

  • Não forneça esse tipo de avaliação em público, prefira conversar em particular com o colaborador;
  • Inicie a conversa apontando as características positivas do indivíduo, depois informe o que precisa ser revisto;
  • Fale claramente e tenha certeza que pessoa entendeu exatamente o que você queria transmitir;
  • Escute a pessoa avaliada, e não interrompa quando for a vez dela de falar;
  • Proponha planos para reverter a situação, e esteja disponível para ajudar.

Espero que agora seja mais simples fornecer um feedback negativo.

Conte conosco para melhorar suas técnicas também nesse assunto.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *