A estratégia do oceano azul: O que aprender com a obra

A estratégia do oceano azul: O que aprender com a obra

A estratégia do oceano azul é um dos termos mais usados pelos empreendedores. Nesse sentido, muita gente não sabe o que isso significa. Esse é o seu caso?

A saber, a estratégia do oceano azul intitula o livro escrito por W. Chan Kim e Renée Mauborgne. A obra descreve um conceito existente no mundo dos negócios conhecido por afirmar que a maneira mais eficaz de superar concorrentes é não tentar superá-los.

Em outras palavras, a estratégia do oceano azul afirma que o melhor caminho para empreendedores é procurar por mercados que ainda não foram encontrados, o chamado oceano azul.

Analogamente a isso, é interessante olhar com cuidado para a metáfora feita pelos autores.

Eles comparam o mar azul as infinitas possibilidades que existem na jornada empreendedora.

Possibilidades essas que podem ser exploradas de muitas maneiras diferentes.

O mar vermelho, por outro lado, representa o mercado saturado, que tantas pessoas insistem em apostar, muitas vezes sem sucesso.

Diante disso, você acredita que pode sobreviver em mar aberto e não afundar?

Se não sabe responder, mas gostaria de entender como isso é possível, continue lendo o texto e conheça alguns pontos principais da obra.

A estratégia do oceano azul em mais algumas linhas

Em primeiro lugar, vamos esclarecer o seguinte: essa é uma definição que valoriza a inovação que um modelo de negócio precisa ter para ser bem-sucedido.

Além disso, a ferramenta mais importante desse segmento é justamente a curva de valor.

De acordo com os autores, você pode seguir essa estratégia partindo do seguinte passo a passo:

  • Reorganizando barreiras no mercado
  • Focar mais no cenário geral
  • Ir além das solicitações do momento
  • Criar um planejamento adequado
  • Vencer os problemas organizacionais

No entanto, é válido ressaltar que você não precisa seguir esse plano à risca, uma vez que encontrar oceanos azuis é muito difícil.

O mais importante, por outro lado, é aprender com essa essência, e procurar trazer inovação para a curva de valor da sua empresa a partir disso.

A título de curiosidade, a obra foi apresentada ao público no ano de 2005, e é conhecida em mais de 43 países.

Ao passo que a estratégia pode te auxiliar a repensar sua maneira de agir em meio ao mercado, também te faz olhar para opções que você pode ainda não ter levado em consideração no seu plano de negócios.

Enquanto a maioria das pessoas pensa em como derrotar a concorrência, você deve concentrar sua energia e esforços em questões mais amplas e significativas.

Lembre-se que no início todas as empresas são como oceanos azuis.

Isso passa a não mais ser assim quando o modelo de negócio é copiado.

Espero que depois desse breve texto, seu interesse em conhecer mais profundamente a estratégia do oceano azul tenha aumentado.

A jornada empreendedora é como viajar em mar aberto, tudo pode acontecer.

Não esqueça que sempre pode contar conosco nessa trajetória.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *