Compliance nas empresas – Você sabe o que é?

Compliance nas empresas - Você sabe o que é?

Você já ouviu falar em compliance nas empresas? Um termo um tanto bonito, e que se for aplicado com seriedade contribui para um mundo melhor. Acompanhe.

Não pense que esse é um assunto somente de grandes empresas multinacionais. O compliance nas empresas é uma prática necessária e você pode aplicar no seu dia a dia, independentemente do tamanho da sua empresa.

O compliance nas empresas é uma prática que nasce a partir de uma série de políticas, normas e regras elaborados para direcionar a conduta tanto das empresas, quanto dos que ali trabalham, a fim de que todos estejam em acordo com a legislação e normas de órgãos reguladores em cada ambiente de negócios a qual estão inseridos.

Compliance nas empresas Vs Corrupção

O termo, que tem origem na língua inglesa (to comply), ficou mais evidente após a abertura do mercado brasileiro para negócios com o exterior, no fim do século passado.

Ademais, depois de anos a fio do envolvimento de empresas privadas com esquemas de corrupção junto a entidades públicas, nos mais diversos segmentos econômicos, o compliance vem mostrando uma importância cada vez maior.

Eu sei que você deve estar pensando que corrupção é inaceitável em qualquer aspecto, e a não prática é o mínimo esperado, mas basta acompanhar nossa história recente e você vai entender a necessidade de promover esse assunto.

A corrupção no meio corporativo, não só mancha a reputação da empresa e impacta negativamente nas relações com governos e sociedade, como também pode atrapalhar negócios futuros e até comprometer os atuais.

Ainda que seja entendido como um diferencial nas empresas – infelizmente, a essência do compliance deve ser percebida como um benefício à sociedade e deve ser uma premissa no mundo dos negócios.

O compliance no seu dia a dia

Imagine que você está na concorrência para vender seu produto ou serviço a determinada empresa.

Você oferece melhor condição e produto já reconhecido no mercado.

Ao fim do processo, você fica sabendo que o concorrente ganhador ofereceu um presentinho ao comprador naquela cotação.

Injusto, concorda?

Entre outras coisas, o compliance serve para evitar essas situações de favorecimento.

Decerto, essa atitude pode dizer mais sobre o funcionário do que sobre a empresa.

Entretanto, as empresas também desempenham um papel na formação dos profissionais e não só podem, como devem contribuir nesse sentido.

Por isso, outro objetivo é criar um ambiente de cultura colaborativa e agir na prevenção para evitar quaisquer desvios de conduta de todos os funcionários que ali trabalham.

Assim, o compliance nas empresas vai prevenir desvios que podem levar questões judiciais para a organização, não só para a alta e média gestão, como para a operação do dia a dia, como num setor de compras, dado exemplo anterior.

Através do compliance, as empresas têm ainda a oportunidade de desenvolver outros pontos importantes de sua cultura como por exemplo: princípios morais e crescimento sustentável.

Promova boas condutas no seu dia a dia

Inevitavelmente, quando alguém tem a oportunidade de atuar em alguma empresa que aplica essas políticas, acaba se formando um profissional atento a sua própria conduta.

Isso vai impactar em qualquer outra empresa que ele venha a atuar, inclusive se (ou quando) ele resolver empreender!

Separamos algumas dicas para você promover o compliance na sua empresa, caso ainda não haja nada estruturado.

Elas servem tanto para você, como colaborador, ou para você empreendedor:

  • Tenha claro conhecimento do objetivo de missão e visão da sua empresa;
  • Desenhe os processos (do seu setor ou negócio) para entender quais atitudes podem violar a ética, normas e leis referentes àquela atividade;
  • A partir disso, crie (ou sugira) um manual de conduta a ser adotado;
  • Caso identifique uma ação infratora, é imprescindível que se aja corretivamente dentro das políticas estabelecidas.

É importante desenvolver um meio de comunicação onde as pessoas possam denunciar práticas que estejam em desacordo com as normas estabelecidas.

Ao mesmo tempo, é preciso incentivar as boas ações e condutas, bem como as denúncias para o caso de rotinas indesejadas.

O compliance nas empresas deve ser levado a sério, pois não só traz um ambiente seguro e correto, como também protege a empresa, seus dados, recursos e integridade.

E aí? Sua empresa está no caminho certo?

Conte conosco para te ajudar a chegar lá!

Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *