Competências Transversais: Entenda sua importância

Competências Transversais: Entenda sua importância

Se você acompanha o Além da Facul, já deve ter aprendido que muitas pessoas são contratadas por suas Hard Skills e demitidas pela falta de People Skills. Trazendo para o nosso português, People Skills são chamadas de competências transversais.

Neste artigo, vamos não apenas conversar sobre algumas competências transversais muito valorizadas no mercado de trabalho, como também entender como desenvolvê-las.

Antes de tudo, saiba que competências transversais são comportamentos, habilidades e qualidades que uma pessoa apresenta que fogem do campo técnico, isto é, que envolvem a parte prática do cotidiano.

Nesse sentido, para garantir um melhor entendimento, segue algumas das competências mais valorizadas atualmente no mercado de trabalho.

  • Capacidade de Liderança;
  • Inteligência Emocional;
  • Proatividade;
  • Alta adaptabilidade;
  • Criatividade;
  • Pensamento Crítico.

Necessidade de desenvolver competências transversais

Agora que entendemos o conceito, você já parou para pensar que o ensino brasileiro é pouco eficiente?

Nossos jovens não têm matérias de liderança na escola, certo?

Você, por exemplo, já aprendeu algo sobre inteligência emocional quando estava na escola?

Nesse ínterim, fomos ensinados a valorizar muito mais uma simples nota de uma prova, e o conhecimento técnico.

Não me entenda mal: isso é importante, porém não podemos esquecer da importância do ensino das outras habilidades.

Consequentemente, um dos reflexos dessa realidade é o alto nível de desemprego do país.

Por conseguinte, é claro que existem diversas razões para os índices estarem elevados, porém a educação é inegavelmente uma das razões.

Diante desse cenário, quero te apresentar uma oportunidade em meio a isso tudo.

Por exemplo: uma pessoa proativa, com facilidade em trabalhar em grupo, que consiga se comunicar bem e criativa, tem muitas chances de se destacar no setor em que atua.

Muito mais do que indivíduos que só tenham capacidades técnicas, e não se atentem a outras características.

Como desenvolver essas habilidades?

Dito isso, eu te pergunto: como aprender o que não é ensinado?

Nesse cenário, como você pode desenvolver tais competências transversais tão importantes para o seu desenvolvimento?

Você sabe fazer isso?

Vamos para algumas sugestões:

  • Realize cursos voltados para cada competência;
  • Leia livros e artigos sobre as principias habilidades que você procura desenvolver;
  • Siga pessoas nas redes sociais que são referências nos temas que você deseja.

Uma última sugestão, e sem dúvidas a mais importante: pratique.

Inegavelmente, não adianta fazer os melhores cursos, ler todos os livros do tema que quer aprender, se no final do dia você não praticar o que foi aprendido.

Então, arregace as mangas e vá a luta.

Certamente não é um certificado que vai comprovar que você tem uma competência transversal ou não, mas sim suas conquistas com a prática dessas habilidades.

Dessa forma, para ser um bom líder, comece praticando a liderança com a sua família e amigos.

Da mesma maneira, caso seu objetivo seja ter uma boa oratória, pratique em apresentações, entrevistas ou até mesmo em conversas do dia a dia.

Você não vai aprender a falar se não falar, entendeu?

Por fim, tenha a certeza que você deve tomar a frente do seu aprendizado e do seu desenvolvimento.

Só assim será o protagonista das suas escolhas e do rumo do seu destino.

E então, qual é a escolha que você vai fazer?

Depois dessa leitura, não pense que as competências técnicas não precisam de atenção.

Não é isso!

Elas precisam ser ensinadas, uma vez que são necessárias e muito importantes.

Contudo, você também precisa de competências transversais para garantir uma boa trajetória no mercado de trabalho.

Conte sempre conosco nessa jornada de aprendizado.

Até logo!

Deixe seu comentário