Ciclo operacional – Conceito e maneira de calcular

Ciclo operacional - Conceito e maneira de calcular

Você sabe o que é um ciclo operacional, sua importância e a forma certa de calculá-lo?

A saber, é também através da manutenção do ciclo operacional que você vai ser capaz de realizar boas projeções para o seu negócio.

Todavia, antes de qualquer coisa, é muito importante que você saiba que o ciclo operacional pode ser definido como o total dos acontecimentos dentro de uma operação empresarial.

Portanto, é tudo aquilo que passa pela compra, produção e venda de materiais.

Ademais, esse setor também compreende o recebimento dos produtos produzidos pela sua empresa.

Nesse sentido, que tal entender um pouco mais acerca da importância desse mecanismo?

Uma coisa é certa: você já deve saber que se tratando da saúde financeira de um negócio, absolutamente tudo tem relevância.

Afinal, qualquer procedimento mal feito pode gerar incontáveis prejuízos para você.

Importância do ciclo operacional

Diante disso, é muito importante que você decida certo, ou o seu empreendimento não será bem-sucedido.

Assim, a fim de evitar esses percalços, você precisa administrar muito bem os ciclos operacional e financeiro da sua empresa.

Mas hoje vamos nos ater apenas a parte operacional do processo, beleza?

Para começar, saiba que o ciclo operacional é uma vertente que pode te ajudar tanto a analisar o seu fluxo de caixa, quanto a entender se é necessário obter mais capital de giro.

Você vai notar a rentabilidade e liquidez do seu negócio serão beneficiados.

Só para deixar tudo mais claro, a liquidez significa a capacidade que um ativo tem de virar dinheiro.

Já a rentabilidade, por outro lado, é o exame dos resultados do seu empreendimento levando em conta os investimentos e os custos.

Simplificando esse conceito

A princípio é bom que você saiba que esse mecanismo compreende o tempo entre as despesas necessárias para os procedimentos e a entrada de dinheiro no caixa.

No entanto, se você já entendeu o que o ciclo operacional representa, mas não sabe ao certo como calculá-lo, anota aí essa fórmula:

C.O = Prazo Médio de Estocagem (PME) + Prazo Médio de Recebimento (PMR)

No PME você deve colocar o tempo que a matéria-prima e os produtos que você produziu a partir delas, ficaram guardados na empresa.

Analogamente, especifique o período que levou para que o produto fosse vendido e recebido pelo cliente, no espaço destinado ao PMR.

Ademais, se a sua dúvida tiver relação com o período médio de estocagem, lembre-se que você deve achar o giro de estoques.

Faça isso através:

  • Do custo das mercadorias que você conseguiu vender;
  • Ou através do total existente na conta de estoques.

Exemplo

Para exemplificar, imagine que a sua empresa estocou produtos por mais ou menos 40 dias.

No entanto, essa mercadoria levou 35 dias para chegar até a empresa que as adquiriu.

Como você pode encontrar o valor do ciclo operacional a partir dessas informações?

De acordo com a fórmula, basta somar os dois valores.

Portanto, o valor será equivalente a 75 dias.

Em síntese, o seu negócio demora 75 dias para adquirir material, gerar produtos, vendê-los e receber por eles.

Tomara que depois dessas dicas, você tenha entendido como calcular o ciclo operacional do seu negócio.

Conte sempre conosco.

Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *