Backlog do produto: Como fazer o Product Backlog

Backlog do produto: Como fazer o Product Backlog

Você já ouviu falar em backlog do produto?

Backlog do produto, ou product backlog é o ponto inicial para a realização de qualquer projeto.

Em outras palavras, backlog do produto é uma lista de utilidades que o cliente espera constar na mercadoria que encomendou.

Ou seja, as exigências do que uma pessoa espera encontrar ao fim do projeto.

O que nem todo mundo sabe, no entanto, é que esse procedimento não é igual ao processo de gestão de projeto.

Nesses formatos, inclusive, o escopo deve ser fechado antes que o projeto comece a ser executado.

No product backlog, por outro lado, o que acontece é que esse tipo de ação não precisa acontecer no começo do projeto.

Isso porque acredita-se que você ainda não conhece o seu projeto como deveria nesse meio tempo.

Portanto, o melhor é criar mais algumas hipóteses e testá-las antes de tomar uma decisão tão definitiva.

Caso você sinta que precisa unir uma gestão convencional a um framework eficiente e rápido, confira as dicas a seguir.

Ao final do texto, espero que você tenha adquirido certas noções para começar a fazer o backlog do produto que pretende apresentar ao mercado.

Backlog do produto: Por onde começar?

De antemão deixa eu ir logo esclarecendo que você não precisa finalizar o seu Product Backlog logo no começo do seu projeto.

Você pode muito bem visualizar o produto por uma ótica geral e ampla.

Então, a partir daí, definir quais os requisitos que espera no produto em questão.

Assim, à medida em que for avançando nos seus processos, a sua lista também acaba crescendo e sofrendo alterações mediante ao que os usuários precisam encontrar.

Além disso, você também pode usar estórias para estruturar o seu projeto, já que a partir deles você poderá contar com descrições específicas e criteriosas de tudo que precisa ser implementado no produto.

A saber, você pode adicionar diferentes campos nesses mecanismos.

Segue alguns deles abaixo:

  • ID: onde você pode adicionar uma identificação para manter tudo organizado
  • Nome: aqui você pode descrever brevemente a estória, ou explicar do que se trata
  • Importância: em que deve constar o grau importância do projeto ou implementação

Por fim, também existe a estimativa inicial, que é uma suposição preliminar do período necessário para terminar uma estória.

E aqui é bom saber que cada empresa tem uma estimativa diferente, já que nesses lugares os processos são diferentes, bem como os produtos.

O que você pode fazer é determinar uma pontuação para as tarefas.

Mais ou menos assim: quanto mais difícil for atividade, maior será a pontuação atribuída a ela no fim do projeto.

Então, no momento que perceber que alguma ação tem uma pontuação muito elevada, você pode dividi-la em duas tarefas distintas.

Se fizer isso, provavelmente será mais simples estipular um prazo para execução do projeto.

Gostou de entender mais sobre como funciona o backlog do produto? Tomara que sim!

Conta sempre conosco para se desenvolver.

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *