Análise e descrição de cargos: Não deixe para depois

Análise e descrição de cargos: Não deixe para depois

Um dos maiores desafios dos empreendedores é achar a pessoa certa para ocupar determinada vaga. Afinal, você já fez uma análise e descrição de cargos da sua empresa?

Antes de mais nada, fazer uma análise e descrição de cargos é uma excelente solução para evitar contratempos futuros com a adequação do pessoal.

Todavia, uma análise e descrição de cargos é uma tarefa que envolve pelo menos dois setores da empresa (RH e o que a vaga está inserida) em que serão relacionadas as informações relativas ao que se espera para o desempenho da função.

Além disso, análises constantes com o passar do tempo também são feitas.

Resumindo…

A descrição dos cargos é a definição das características necessárias para o desempenho de determinada função, as razões para as atividades e o posicionamento da mesma no organograma da empresa.

Sendo assim, a análise das descrições nada mais é do que o estudo feito a partir do impacto que essa vaga terá no desempenho e performance como contribuição no objetivo final do negócio.

A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE E DESCRIÇÃO DE CARGOS

Normalmente, os responsáveis por essa tarefa são os gestores diretos das vagas em questão, com o apoio de gestores e/ou analistas de RH.

No entanto, se a sua empresa ainda é pequena, provavelmente você e seus sócios vão desempenhar essa tarefa.

Porém, caso não tenham conhecimento em RH, é interessante buscar a orientação de algum profissional da área.

Nesse sentido, é relevante definir nome do cargo, atividades, responsabilidades, pacote de remuneração, e até mesmo o caminho para o crescimento de quem ocupar aquela função.

Dessa maneira, uma análise e descrição de cargos vai dar o suporte necessário para a evolução da sua empresa.

Certamente ela vai servir de suporte para diversos processos internos do RH.

Em outras palavras, definir responsabilidades, atividades, hierarquia e a relação entre os colaboradores em busca da missão da empresa são informações importantes para recrutar e selecionar pessoas.

Além do mais, as análises devem ser constantes pois o ambiente corporativo é dinâmico, e o desempenho das funções deve acompanhar as novas necessidades que surgirem.

Assim, o cargo precisa se adaptar e ser redefinido sempre que for necessário, entendeu?

POR ONDE COMEÇAR?

Todo mundo sabe que uma empresa é feita de pessoas, sendo assim, resta às organizações entender a demanda de uma vaga para selecionar adequadamente o candidato que a preencha com os requisitos necessários.

Embora pareça tarefa fácil, isso deve ser feito com cuidado.

E se você possui alguma dúvida de por onde começar, que tal levar alguns desses fatores em consideração no momento de pensar em desenvolver sua empresa?

  • Identifique as necessidades dos cargos: qual o papel deles e como se relacionam com o todo;
  • Descreva as responsabilidades a partir da necessidade e do dia a dia da posição;
  • Defina quais as competências e habilidades os candidatos devem apresentar.

Muitas vezes, as empresas menores, principalmente, iniciam as contratações a partir de demandas latentes das atividades, sem se preocupar tanto com esse processo.

Se for esse o seu caso, não se preocupe, dá para você iniciar o estudo da mesma forma entrevistando as pessoas que desempenham as funções e relacionando com o que se espera daquela posição.

Com efeito, quanto antes você iniciar uma análise e descrição de cargos na sua empresa, menos questões relacionadas ao RH você precisará se preocupar.

Conte conosco para ajudar a estruturar a sua empresa!

Até mais.

Deixe seu comentário